Notícias
Doenças renais provocam 2,4 milhões de mortes por ano


O Dia Mundial do Rim, celebrado sempre na segunda quinta-feira do mês de março, reforça o alerta sobre as doenças que afetam o órgão e a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Câncer, doença renal crônica e pedras nos rins são as mais comuns.  

O rim tem como principal função filtrar o sangue para controlar a quantidade de água e de sal no corpo, eliminar toxinas, ajudar a controlar a hipertensão arterial e produzir hormônios que impedem a anemia e a descalcificação óssea, além de eliminar medicamentos e outras substâncias ingeridas.

Justamente por exercer diversas funções no corpo humano, merecem atenção especial, pois precisam estar saudáveis. Rins doentes são motivo de preocupação mundial, principalmente devido ao aumento no número de casos de pessoas afetadas.

Os principais fatores de risco para doenças renais são a hipertensão arterial, o diabetes e o histórico familiar de doenças renais. Mas obesidade, fumo e uso de medicações tóxicas também podem afetar a saúde dos rins.

Portadores de doença cardiovascular, idosos e pacientes com história de doença renal em familiares têm grande potencial para desenvolver lesão renal. Por isso, devem fazer triagem de exames de urina e dosagem de creatinina no sangue, procedimentos simples e disponíveis no SUS (Sistema Único de Saúde).  O ideal é fazer é fazer o exame uma vez por ano. Para quem tem doença no histórico familiar, hipertensão ou diabetes, o ideal é a cada seis meses. 

Para prevenção, uma das principais dicas é adotar uma dieta menos salgada. O sal tem um efeito de reter mais água. Isso faz os rins trabalharem com uma pressão mais alta, levando a uma doença renal ou uma doença renal crônica. 

Beber água também é indispensável e deve ser feita durante todo o dia, sem esperar sentir sede. A sede já significa a desidratação. A hidratação evita que os cristais fiquem muito tempo na urina, formando ou aumentando a formação das pedras. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, 850 milhões de pessoas têm doença renal em todo o mundo. As doenças renais crônicas causam pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade. No Brasil, um em cada 10 brasileiros vai ter algum tipo de doença renal. 

 



Central de atendimento (11) 4185-7600 | Fale conosco - SAU (11) 4185-7693
Hospital Geral de Carapicuíba | Rua da Pedreira, 95
Parque José Alexandre - Carapicuíba/SP