Notícias
Outono: temperaturas baixas agravam problemas respiratórios


O verão termina oficialmente nesta quarta-feira (20) com a chegada do outono, estação que provoca diversas alterações climáticas, sobretudo, temperaturas mais baixas. O frio também vem acompanhado de uma queda na umidade relativa do ar, aumento da poluição atmosférica e a proliferação dos ácaros.

Para quem sofre de doenças respiratórias, como asma, sinusite, bronquite, alergias e resfriados, esse é justamente o período em que precisam redobrar os cuidados.

É que as temperaturas frias prejudicam o funcionamento adequado da mucosa respiratória, diminuindo seu mecanismo de limpeza e imunidade local. O aparelho respiratório fica menos protegido e mais sujeito a doenças infecciosas, inflamatórias e alérgicas.

A orientação é manter portas e janelas abertas para arejar o ambiente; retirar toda a poeira, sujeira e os ácaros de tapetes, colchões, almofadas, travesseiros, bichos de pelúcia e cortinas. Eles são os principais vilões das alergias que, por sua vez, desequilibram o organismo.

O uso de umidificadores ou até de bacias com água em alguns pontos da casa ajuda a melhorar a “secura” comum nesse período do ano, e que pode agravar as doenças respiratórias. Lavar o nariz com soro fisiológico também é uma dica importante. 

Deve-se evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas; lavar bem as mãos antes de se alimentar e também durante o dia todo; beber bastante água e trocar roupas de cama com frequência. E, claro, outra importante orientação é sempre procurar um pneumologista, especialista e doenças respiratórias.

O Outono termina no dia 21 de junho, com a chegada do inverno.



Central de atendimento (11) 4185-7600 | Fale conosco - SAU (11) 4185-7693
Hospital Geral de Carapicuíba | Rua da Pedreira, 95
Parque José Alexandre - Carapicuíba/SP