Notícias
Asma atinge crianças e adultos e deve ser tratada com acompanhamento médico


A asma é uma doença crônica causada pela inflamação das vias aéreas. No Brasil, o Dia Nacional de Controle da Asma é celebrado em 21 de junho, marcado pelo início do inverno. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), estima-se que cerca de 20 milhões de pessoas tenham asma no país.  

A pneumologista Evelise Lima, que atua no Hospital Geral de Carapicuíba, explica que a inflamação crônica resulta em uma via aérea mais reativa, ocasionando sintomas como falta de ar, aperto no peito e tosse seca.

A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns no Brasil e no mundo e pode afetar tanto crianças quanto adultos. “Alguns fatores de risco associados ao aparecimento ou persistência da asma são: asma grave na infância, outras alergias (dermatite, rinite alérgica). Mulheres costumam ter mais tendência a desenvolver a doença, além de pessoas que têm o hábito de fumar” explica a especialista.

A médica lembra que existe uma predisposição genética e familiar para a asma, já que é comum que haja mais de um asmático na família. Também é importante que, caso a pessoa não tenha nenhum parente asmático, fique atenta ao aparecimento dos sintomas durante a realização de um exercício físico ou ao ter contato com fumaça de cigarro.

Apesar de não ter cura, a asma tem tratamento. O objetivo é a resolução completa dos sintomas para que os pacientes levem uma vida normal.

“Como é causada devido a inflamação, a medicação principal é um anti-inflamatório, que deve ser usado de forma inalatória,” finaliza a pneumologista do HGC.



Central de atendimento (11) 4185-7600 | Fale conosco - SAU (11) 4185-7693
Hospital Geral de Carapicuíba | Rua da Pedreira, 95
Parque José Alexandre - Carapicuíba/SP